Loja Casa K

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Chapadinha: Tem obras? Tem, sim senhor!

SHARE
Blog do William Fernandes
A prefeitura de Chapadinha está transformando a cidade num grande canteiro de obras. E não são obras pequenas, ou do tipo “retoca e pinta” pra simular que está trabalhando. Quem anda pela periferia, tão esquecida por gestões passadas, nota o vai e vem de máquinas e caçambas, mudando o dia-a-dia dos moradores, que antes não conseguiam ver nem um carro passar, devido às péssimas condições das vias.

O caso mais emblemático é o da Rua Sete de Setembro, que, por décadas, ouviu apenas promessas em épocas de campanhas eleitorais e depois ninguém mais retornava para dar nenhuma satisfação.
A situação era tão triste, devido à má impressão deixada por gestores passados, que a própria comunidade desdenhou, quando a prefeita Belezinha e o secretário de Infraestrutura, Aluízio Santos, disseram que iam solucionar o problema daquela via. Muitos olharam com desconfiança, quando as máquinas começaram a chegar ao local. Mas quando o serviço começou, a cara da rua foi mudando aos poucos e o sorriso foi voltando ao rosto de cada morador.
Até mesmo os mais céticos passaram a acreditar que desta vez a obra sairia. Pois é. A obra não só está sendo executada, como é de boa qualidade. Há dias que máquinas e homens reescrevem a história daquela rua, que depois de pronta, será motivo de orgulho aos seus moradores.

Todos os dias, o secretário Aluízio vistoria os trabalhos e recebe o carinho dos moradores, que disseram que já haviam perdido as esperanças, devido a tantas promessas em vão, mas que hoje estão vendo um sonho se tornando realidade. Hoje pela manhã ele vistoriou obras em vários bairros e aproveitou para verificar o andamento na Rua Sete de Setembro.

Segundo Aluízio, a rua será pavimentada com bloquetes e terá todo o acabamento necessário, para impedir que a erosão a destrua, com muro de contenção nas encostas, meios-fios, sarjetas e tubos para a passagem da água.

“O governo Belezinha não é um governo de promessas, mas de ações. É um governo que tem responsabilidade no trato com a coisa pública, que tem compromisso com os mais de 75 mil chapadinhenses, independentemente de ter votado nela ou não. Vai ser assim durante todo o seu mandato. Só queremos que a população tenha um pouco de paciência, pois o município ainda está pagando um alto preço por gestões irresponsáveis do passado, o que nos impede de realizarmos mais obras em menos tempo. Mas com sacrifício e empenho, estamos conseguindo tirar o município desta situação e vamos fazer mais por Chapadinha, pois nosso compromisso é com o povo de Chapadinha”, disse o secretário.

 Além da badalada Rua Sete de Setembro, a prefeitura de Chapadinha espalhou máquinas e homens trabalhando em diversos pontos da cidade. Moradores do Bairro Novo, na área conhecida como Santa Teresinha, são unânimes em dizer que agora está ficando “belezinha”, após várias ruas receberem serviço de terraplanagem e compactação com piçarra. “Vai ficar melhor quando chegar a pavimentação com bloquetes e as sarjetas para escoamento da água. Estamos fazendo um serviço pra durar, diferente de outras obras que eram feitas e dentro de pouco tempo, causavam transtorno e revolta aos moradores”, destacou Aluízio. 
No Bairro Novo, a prefeitura está executando uma obra, que, a exemplo da Rua Sete de Setembro, também foi muito aguardada por moradores, mas nunca foi feita em gestões anteriores, por ser muito cara e não dar repercussão na mídia. Dezenas de carradas de barro, muros de contenção e vários tubos de concreto estão sendo colocados em uma rua que vai diminuir bastante a distância do Bairro à Avenida Ataliba Almeida e, consequentemente, ao Centro da cidade. Os estudantes agradecem pois tinham que dar uma enorme volta no bairro para chegarem à escola.

O lavrador Luís Gomes, conhecido por “Gongo Baçu”, disse que nunca havia passado na sua rua uma máquina a serviço da prefeitura. “Antes, a gente se juntava e contratava uma caçamba pra jogar barro e diminuir os buracos dessa rua (Projetada 4), disse o morador.
No Caterpillar, a reação dos moradores não foi diferente. Em cada rua onde a prefeitura está fazendo obras, a população responde com sinal positivo. Todos não veem a hora de estrear o calçamento nunca antes imaginado. Lá, da mesma forma que fizeram em outros bairros, em gestões passadas, encheram o povo de promessas, mas nada fizeram.
No Caterpillar, a reação dos moradores não foi diferente. Em cada rua onde a prefeitura está fazendo obras, a população responde com sinal positivo. Todos não veem a hora de estrear o calçamento nunca antes imaginado. Lá, da mesma forma que fizeram em outros bairros, em gestões passadas, encheram o povo de promessas, mas nada fizeram.
SHARE

Author: verified_user

0 comentários:

Outros Blogs

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog