15 de abr. de 2021

CHAPADINHA | Prefeitura inicia campanha de vacinação contra a Influenza

Compartilhar

Kim Pereira - quinta-feira, 15 de abril de 2021

Por Secom

A Prefeitura de Chapadinha através da secretaria de saúde iniciou nesta terça-feira (13) a campanha de vacinação contra a Influenza.

Realizada no Centro de Especialidades Médicas - Benú Mendes e em todas as Unidades Básicas de Saúde do município, a imunização do grupo com crianças da faixa etária de 06 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde acontecerá, nesta primeira fase, até dia 10 de maio.

Procure o ponto de vacinação mais próximo de sua casa, apresentando os seguintes documentos: CPF, Cartão do SUS e Carteira de Vacinação.


Saiba mais:

Qual vacina tomar primeiro?

Diante da gravidade da Covid-19 e da ausência de estudos sobre a coadministração das vacinas da gripe e da Covid-19, o Ministério da Saúde recomenda que se dê prioridade à vacinação contra a Covid-19, e somente depois tomar a vacina da gripe.

"Para pessoas que fazem parte do grupo prioritário da vacinação contra influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 devem ser priorizadas as doses contra a Covid-19 e agendada a vacina contra a Influenza, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas", segundo nota do Ministério da Saúde.

Posso tomar as duas vacinas ao mesmo tempo?

Não é recomendado pelo Ministério da Saúde e por entidades de classe como a Sociedade Brasileira de Imunizações. Isso porque faltam estudos que comprovem a segurança e a eficácia das vacinas contra Covid-19 nessas situações, bem como para facilitar o monitoramento de eventos adversos pós-vacinação.

Em nota enviada à SBIM, entretanto, o Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, ressalta que a contraindicação não é absoluta. Em situações emergenciais, a exemplo da administração de soros antiofídicos ou vacina antirrábica para profilaxia pós-exposição, o intervalo mínimo preconizado (14 dias antes e depois) pode ser desconsiderado.

De acordo com o presidente da SBIM, a vacina que protege contra a gripe pode ser tomada a qualquer momento, desde que seja respeitado o intervalo de 14 dias em relação às doses da vacina contra a Covid-19.

Ele afirma que se o imunizante for aplicado depois da primeira dose da vacina de Covid-19, observando esse prazo, é preciso esperar mais 14 dias para receber a segunda dose da vacina contra o coronavírus.

"Se a vacina usada for a Coronavac, para a qual o intervalo costuma ser de três semanas entre as doses, não haverá tempo para receber a vacina da gripe entre a primeira e a segunda dose. Neste caso é preciso esperar a conclusão do esquema de dose da vacina Coronavac", explicou Cunha à CNN.







Compartilhar

Fotógrafo: verified_user

0 comentários:

Outros Blogs

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog